O surgimento da civilização, no entanto, modificou a maneira tradicional como as pessoas agiam na realidade e interagiam com ela. As sociedades da Antiguidade ampliavam-se continuamente e havia que registrar, contabilizar, definir normas legais e de convivência social, difundi-las, fazê-las cumprir… Como conseguir isso sem um meio pelo qual a palavra falada pudesse ser convertida, de forma a tornar-se fixada e facilmente transmissível?
Na ministração da disciplina serão desenvolvidas aulas dialogadas e discussões sobre aplicação dos conhecimentos fonéticos e fonológicos ao ensino do português. Para a leitura e publicação de textos on-line, sobre fonética e fonologia do português, os alunos poderão acessar aos textos do professor Vicente Martins bem como de alunos que já apresentaram atividades na área, em semestres anteriores, para que os atuais tomem como referência de estudos e de formatação para edição on-line. O acesso aos textos será feito pelo blog http://fonetica-e-fonologia.blogspot.com/.
A Fonética é o estudo dos aspectos acústicos e fisiológicos dos sons efetivos (reais) dos atos de fala no que se refere à produção, articulação e variedades. Em outras palavras, a Fonética preocupa-se com os sons da fala em sua realização concreta. Quando um falante pronuncia a palavra 'dia', à Fonética interessa de que forma a consoante /d/ é pronunciada: /d/ /i/ /a/ ou /dj/ /i/ /a/.
What sets this book apart from other phonetics texts is its emphasis on real-world examples of spoken Spanish, using native pronunciation modeled in natural contexts. While other available texts stress phonetic theory, this one provides hands-on activities that are entertaining, culturally framed, and relevant to students’ interests and experiences.
5 minutos Publicamos recentemente um vídeo com algumas indicações de atividades para as crianças durante uma viagem. Nos comentários, os leitores nos presentearam com indicações criativas que merecem ser compartilhadas com outros pais. Escolhemos algumas que promovem o desenvolvimento da linguagem, exercitam a memória e o raciocínio lógico. Criando histórias e explorando a ordem alfabética Durante suas viagens, a Raquel Pereira brinca com toda a família de inventar narrativas ou diálogos explorando as letras do alfabeto. Ela diz uma frase cuja primeira palavra começa Continue lendo→

28. Cada acento en su sitio…
5 minutos Ao observar seu filho falando, você já teve a sensação de que alguma coisa não está como deveria? Notou que ele fala “embolado” demais (de maneira ininteligível), omite alguns sons ou fala como o Cebolinha? Não se preocupe, isso acontece freqüentemente. E é comum que os pais apresentem inúmeras dúvidas, especialmente no período de 0 a 5 anos. Para responder a algumas delas, falarei um pouco sobre as fases do desenvolvimento normal da fala. Ao final da leitura, você provavelmente saberá discernir Continue lendo→
31. Cada acento en su sitio…
tudo das chamadas vogais nasais. Em sequência, os fonemas e alofones consonantais são apresentados, com destaque para os róticos. O capítulo é concluído com o estudo dos  glides ou semivogais . O terceiro capítulo explora os constituintes prosódicos, especificamente o estudo da sílaba e do acento no PB. São apresentados os elementos possíveis nas diferentes posições silábicas (ataque, núcleo e coda). A partir da posição na estrutura silábica, retoma-se o estudo dos  glides ou semivogais e se resgatam conceitos como os de ditongo, hiato, dígrafo e encontros consonantais. Os demais constituintes prosódicos são brevemente explorados. O quarto capítulo é um detalhado exercício de transcrição das variações do português brasileiro. Após rápida explanação do uso de diacríticos e da diferença entre os dois tipos de transcrição, um quadro com palavras da língua é apresentado, contendo transcrições que merecem estudo. Algumas possíveis transcrições de cada uma das palavras apresentadas são explicadas em detalhes, contemplando diferentes fenômenos de variação sociolinguística, preparando para a leitura do capítulo seguinte. No quinto capítulo, são estudados os processos fonológicos característicos da língua. O capítulo retoma fenômenos mencionados no quarto capítulo, durante o detalhamento das transcrições. Os processos são organizados em quatro categorias: por apagamento ou supressão, por acréscimo, por transposição e por substituição. A noção de ressilabação é explorada, além da noção de desvio fonológico, relevante para a formação de professores. Por fim, o sexto capítulo trata das relações entre fonemas e grafemas e explana a organização do sistema alfabético do PB. Aqui se inicia o estudo da relação entre oralidade e escrita a partir do caráter convencional da norma ortográfica. Apresenta-se, em sequência, a noção de transparência/opacidade do sistema alfabético do português brasileiro (doravante, PB), resgatando a evolução ortográfica da língua e explorando introdutoriamente o impacto da última alteração no sistema oficial da escrita do PB, pelo Acordo de 1990. O foco central do capítulo são os princípios de correspondência grafêmico-fonológica e fonológico-grafêmica do sistema alfabético do PB, aplicados à leitura e à escrita. Especial destaque é dado à noção de consciência fonológica, também conhecida como metafonologia, especificamente ao desenvolvimento da 12
Os resultados não refutam nem confirmam as proposições teóricas mencionadas, mas sugerem que esse processo pode depender de características individuais de cada criança e apontam para a necessidade de mais estudos que investiguem não só o papel da influência do ambiente, como também a interação entre criança e adulto durante o processo de aquisição.
Na ministração da disciplina serão desenvolvidas aulas dialogadas e discussões sobre aplicação dos conhecimentos fonéticos e fonológicos ao ensino do português. Para a leitura e publicação de textos on-line, sobre fonética e fonologia do português, os alunos poderão acessar aos textos do professor Vicente Martins bem como de alunos que já apresentaram atividades na área, em semestres anteriores, para que os atuais tomem como referência de estudos e de formatação para edição on-line. O acesso aos textos será feito pelo blog http://fonetica-e-fonologia.blogspot.com/.
Estos tonos diferencian muchas palabras en Sueco. Dichas en el tono singular, las palabras anden, tomten, biten, y slaget significan el pato, el edificio, el pedacito y la batalla, respectivamente. Dichas en tono doble, significan el espíritu, el elfo, mordido y golpeado, respectivamente. El Castellano también usa acentos y tonos dinámicos, pero sólo en frases completas, tales como al final de las preguntas.
27. El bingo de los fonemas 

Tendo em conta que, antes do novo acordo ortográfico, a palavra adicto se escrevia com um c que não era mudo (tinha realização fónica como [k]), mantém-se a grafia que tinha, ou seja: adicto (cf. adicto no Vocabulário da Língua Portuguesa  que Rebelo Gonçalves publicou em 1966). Note-se, porém, que o uso de adicto é mais antigo do que o de "adição", ou melhor, adicção; com efeito, o vocábulo adicto já se encontra em Alexandre Herculano (1810-1877), no sentido de «dedicado, devotado»:

Nas décadas que sucederam os estudos de Jakobson, estudos nas mais diversas línguas voltaram suas atenções à aquisição da linguagem. Algumas áreas como a sintaxe foram bastante prolíficas nesse tema, sobretudo os trabalhos de inspiração Gerativista, proposição teórica fundada e propagada pelo linguista Noam Chomsky na década de 50 e de importante destaque até os dias de hoje. Porém, talvez a área da Linguística que tenha mais se debruçado sobre o tema tenha sido a área de Fonética e Fonologia.
×